Artigos

Os silenciosos sintomas de Aneurisma de Aorta Abdominal

O mais preocupante é que os sintomas do crescimento do aneurisma da aorta abdominal são muito discretos, quase imperceptíveis, tornando esta enfermidade muito perigosa, por só ser notada quando há o seu rompimento, que pode levar à morte.

É importante conhecer e estar atento a esses sintomas, pois pode salvar sua vida!

O que é o Aneurisma da Aorta Abdominal?

Aneurisma na Aorta é uma dilatação da aorta, a maior artéria do corpo humano, o que torna suas paredes fracas, podendo chegar a se romper, levado a pessoa a óbito. Dentro os tipos de aneurisma na aorta existentes, o mais frequente de acontecer é o abdominal, que ocorre na região do abdómen.

Essa dilatação é extremamente perigosa, principalmente porque seus sintomas são quase imperceptíveis, tornando a doença silenciosa. No caso do Aneurisma da Aorta Abdominal, essa ruptura faz com que o sangue vá para todo o abdómen, causando um volumoso sangramento interno. Nesse tipo de caso, o paciente deve ir imediatamente ao hospital e suas chances de sobrevivência são pequenas.

Apesar do perigo, se o aneurisma for identificado previamente, há massivas chances de salvamento, mas, por se tratar de uma doença silenciosa, com sintomas quase imperceptíveis, a melhor forma de descobrir a doença é através de check-ups periódicos e uma atenção redobrada a qualquer dor ou alteração no corpo.

O que pode causar o Aneurisma da Aorta Abdominal?

O Aneurisma da Aorta Abdominal é uma doença relativamente comum, e possui alguns fatores que podem influenciar no desenvolvimento do aneurisma, entre elas estão:

  • Acúmulo de placas de gordura no interior da aorta, conhecido como aterosclerose;
  • Idade superior a 50 anos;
  • Hipertensão;
  • Histórico familiar;
  • Hábito de fumar.

Por ser uma doença por alguns considerada assintomática, é possível que muitas pessoas a possuam, mas não tenham conhecimento sobre ela, por isso, é importante estar ciente dos possíveis sintomas silenciosos que ela possui.

Os sintomas silenciosos que você precisa observar

Enquanto o aneurisma ainda é muito pequeno, é normal que nada seja sentido, mas a partir do ponto em que começa a crescer e se desenvolver, alguns sintomas discretos podem aparecer, como:

  • Pulsação na região abdominal;
  • Dor contínua no peito;
  • Tosse seca persistente;
  • Dificuldade para engolir;
  • Dor lombar;
  • Sensação de estômago cheio, mesmo após engerir uma refeição pequena;
  • Percepção de peso logo abaixo das costelas;
  • Dor na região do abdómen;
  • Palidez ou arroxeamento e dores nos dedos dos pés.

Ao notar qualquer um desses sintomas, é recomendado que procure um médico imediatamente, pois a presença de algum deles, principalmente a sensação de pulsação na região do abdómen, pode significar que o aneurisma está aumentando e a demora pode acarretar no seu rompimento.

A partir do momento que ocorre o rompimento de um Aneurisma da Aorta Abdominal, o momento de maior complicação da doença, pois pode provocar a morte do paciente, o sintoma torna-se mais claro, caracterizado por uma intensa dor na região do abdómen. Nesse caso, não se deve postergar e esperar a dor passar, dirija-se imediatamente a um hospital.

O que fazer caso suspeite de um Aneurisma na Aorta Abdominal?

Mesmo conhecendo os sintomas, por ser uma doença discreta, é possível que qualquer um deles apresente-se de forma muito sutil, tornando importante conhecer ser organismo e atentar-se a cada alteração no seu organismo ou não relevar qualquer dor, mesmo que singela.

Portanto, caso perceba algum dos sintomas elencados, é importante procurar um médico o mais breve possível, pois apenas ele é capaz de dar um diagnóstico corretamente a partir de seus conhecimentos e exames simples.

O tratamento do Aneurisma da Aorta Abdominal

O melhor tratamento para o Aneurisma da Aorta Abdominal será indicado pelo seu médico e dependerá de diversos fatores, como idade, presença de outras doenças e, principalmente, o tamanho diametral do aneurisma.

No caso de o aneurisma ter menos do que 5 cm de diâmetro são considerados pequenos, e costumam ser tratados com monitoramentos frequentes, por meio de exames simples, como a ultrassonografia.

No caso de o aneurisma atingir um diâmetro maior do que 5,0 cm, será ser necessária uma intervenção mais agressiva, como uma cirurgia para a correção do aneurisma. O seu médico deve ser o responsável pela indicação do melhor diagnóstico nesse caso.

Entretanto, mesmo com essas medidas, é importante ter em mente que o tratamento mais eficaz para o Aneurisma da Aorta Abdominal ainda é a prevenção.

Portanto, mantenha uma dieta saudável e equilibrada, procure praticar alguma atividade física regularmente, evite fumar ou consumir alimentos ricos em gorduras e sala e, principalmente, faça exames regularmente se tem acima de 50 anos.

Não conte com a sorte, cuide-se, atente-se aos sintomas do Aneurisma de Aorta Abdominal e procure um médico endovascular para realização dos seus exames.

Cirurgia Vascular e Endovascular
Doutorado e Pós-doutorado USP
MBA - University of Pittsburgh / Katz
Pós-graduação em Liderança - Harvard Medical School

Atendimento

Além do atendimento particular, atendemos aos clientes de Planos de Saúde no formato Credenciado e também de Livre Escolha, que é uma nova forma fácil e prática para você ser atendido sem burocracia. Experimente!

Credenciado

Livre escolha: Fácil e Prático

Consulta Online

Consulta por video-chamada. Saiba como funciona:

Agende um horário pelo site, telefone ou whatsapp e efetue o pagamento da consulta

Na data e horário agendado você receberá o link da Saudevianet via e-mail ou Whatsapp

Ao final do atendimento você receberá via e-mail as prescrições, receitas e atestados

Consulta com direito a retorno online ou presencial no período de 30 dias

Localização

Av. República do Líbano, 314, Jd Paulista - SP

Ver mapa

Entre em contato

(11) 3168-0609 / 3078-1530 / 3078-4476

(11) 98161-4443

Concierge: (11) 91065-1958

Referência no tratamento de doenças vasculares de alta complexidade.

Os Tratamentos

Siga-nos

© Grupo Endovascular - Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Glogs - Agência Digital